Evento será realizado em petshop da Capital e visa encontrar lares para animais abandonados e resgatados de maus-tratos

Carinhosos e inteligentes, os gatos são animais encantadores, mas que sofrem com o preconceito, o que torna a adoção ainda mais difícil.

Para incentivar a adoção de gatos adultos e filhotes, a ONG Amicat’s, em parceria com a Pronto Dog & Cat realiza no próximo sábado (17), a partir das 8h, a Feira de Adoção de Gatinhos.

No local, cerca de 15 animais, adultos e filhotes e alguns já castrados estarão disponíveis para adoção.De acordo com a responsável pela ONG, fundada na Capital há pouco menos de um ano, Ana Cristina Castro, os gatos foram resgatados do abandono ou de maus-tratos e após tratados, estão liberados e em busca de um lar que os dê amor.

“Ainda há muito preconceito e misticismo envolvendo os gatos. Além de ajudar da maneira que podemos, temos como grande objetivo conscientizar as pessoas para assim, mudar a realidade dos felinos. Eles são amorosos, carinhosos e não transmitem doenças, como a toxoplasmose, um dos principais  equívocos disseminados sobre os gatos”, comenta a responsável.

A responsável pela ONG alerta ainda que, ao adotar um animal, independente da espécie é necessário ter plena consciência que eles sentem fome, precisam de atenção à saúde e proteção.

“Alimentação adequada, castração para evitar aumento populacional e não deixar o animal solto na rua são fundamentais para garantir o bem-estar do pet”, avalia.

Consciência – A Amicat’s sobrevive apenas de poucas doações de voluntários e não recebe qualquer apoio de entidades públicas ou privadas. Um dos maiores problemas enfrentados pela ONG, que atualmente abriga cerca de 80 gatos é a falta de consciência da população que descarta animais nas ruas, na sede onde é realizado o trabalho voluntário ou na casa de protetores.

Os responsáveis pela ONG alertam que devido a falta de recursos e espaço, a Amicat’s não pode mais recolher animais.

“Vez ou outra recebemos uma doação de jornais ou um pouco de ração. Agradecemos muito, mas é pouco e não podemos recolher mais animais. As pessoas precisam ter consciência que ao ter um animal em casa, passa a ser seu tutor e se torna responsável pela vida desse ser, tendo como obrigação prover todos os meios para que esse ser viva de forma saudável, o que inclui não abandonar o animal quando ele estiver idoso, doente ou em vários outros casos como chegada de bebês, mudança ou separação”, destaca Ana Cristina.

Serviço:

Feira de Adoção de Gatinhos – Amicat’s

Data: 17 de fevereiro de 2018 (sábado) – a partir das 8h

Local: Rua Raul Pires Barbosa, 654

Informações: (67) 3306-7611 / 4640

Sobre o Autor

Mãe apaixonada da Júlia e da Isadora, Jornalista, apaixonada pela profissão, por livros, fotografia e por seus blogs. Descobriu um mundo totalmente novo depois da maternidade, se apaixonou por ele e veio os blogs, novos trabalhos, novas paixões e uma nova e emocionante forma de ver e viver a vida.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.